Subscribe:

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

O que são Bioenergias?







Você já ouviu falar em bioenergias? Sabe pra quê serve? Você sente que está sendo sugado (a) ?

Derivada do grego "Energes" ou seja; Activo, que por sua vez deriva da palavra. "Ergon " ou seja,  obra, tendo a palavra bioenergia como significado para " Actividade" " Movimento".
Para a conscienciologia ;  bioenergias, como o próprio nome indica, são todas as formas de energias da vida. Energia de plantas, animais e todos os seres vivos. Os seres humanos, além das bioenergias vitais, produzem pensamentos e emoções que qualificam a bioenergia comum transformando-a em ENERGIA CONSCIENCIAL. Nós produzimos informações bioenergéticas quando pensamos e sentimos. Está em todos os lugares do Universo,em todo o cosmos. Somos sistemas semi-abertos. 

Recebemos e trocamos energias com o meio onde vivemos. As fontes mais conhecidas de bioenergias são os alimentos sólidos e líquidos, as plantas, o sol, o mar e principalmente o ar que respiramos. Essa espécie de ENERGIA IMANENTE que está em toda a parte de forma difusa, é uma das principais fontes de absorção para todos os seres vivos. Esta energia tem recebido diferentes nomes em diversas culturas, alguns preferem chamá-la de energia cósmica, energia primária, energia sutil, energia orgânica, enfim, são centenas de sinônimos que traduzem o mesmo conceito.


Bioenergia, Prana, Luz Astral, Mana, Força Ódica, Energia Orgónica, Telesma, Ki ou Chi… A designação varia de filosofia para filosofia, mas isso não é o mais importante, pois o “Sopro Vital”  está em tudo e em todos.





Todos os seres vivos absorvem e metabolizam essa energia, que é captada em em diversas fontes, que serão descritas a seguir. Para se tornar mais clara essa captação de energia, os orientais dividiram as energias existentes no planeta em três grupos:
1) Fohat (electricidade): Energia conversível em calor, luz, som, movimento, etc;
2) Prana ( vitalidade): Energia integrante que coordena as moléculas e células físicas e reúne-as num organismo definido;
3) Kundalini (fogo serpentino): Energia primária, violenta, estruturadora das formas. É proveniente do centro do planeta.

A energia consciencial (ou pessoal) é a energia cósmica que, ao ser metabolizada pela consciência de um ser, assume então as suas características, deixando de ser impessoal, para se tornar parte do ser pelo qual sofreu o processo metabólico.
A captação de energia vital dá-se de forma natural, como pelo ar através da respiração, sendo metabolizada pelo aparelho respiratório e pelo sistema tegumentar; pela alimentação, através do sistema digestivo; pela absorção energética dos chakras, situados no corpo astral e através da projecção da consciência, onde há absorção energética do plano astral.
A circulação energética (estado vibracional), a absorção energética (recepção energética) e a exteriorização energética, são meios através dos quais a pessoa pode activar a sua energia consciencial, podendo revigorar-se, beneficiando o corpo físico e astral, prevenindo-se assim, de doenças físicas e espirituais.

A exteriorização da energia permite, não somente activar e fazer circular a energia consciencial, como também atinge pessoas que, por meio de vibração e intenção necessitam de uma carga de energia cósmica para se recompor e se fortalecer. Essa energia exteriorizada actua então como um “passe” nas pessoas para as quais estão sendo direcionadas as intenções de ajuda.
O processo de exteriorização energética é aplicada não somente em pessoas, mas também pode energizar água, alimentos, animais e remédios, e não há limites em relação à distância.
Psicoterapia e Bioenergias.

A psicoterapia “mente-corpo” baseia-se na teoria de que o corpo físico grava as emoções negativas ou consideradas marcantes, como se fossem “memórias celulares”, que acabam por causar pontos de tensão muscular e rigidez, reduzindo assim a vitalidade.
Os praticantes da bioenergia afirmam conseguir aceder e interpretar essas experiências passadas, através do comportamento corporal, respiração, expressão emocional, etc
A bioenergia vista pelos terapeutas de Reiki.



Há quem defina a Bioenergia como sendo o reiki pessoal que já existe em nós, embora o propósito de quem faz a iniciação seja a conexão com o reiki do Universo, a energia Rei, para se recorrer a esta fonte, sem que desgastemos a nossa força vital. Muitas vezes sentimos as mãos a vibrarem como se estivessem dormentes e vemos que as mãos estão vermelhas e sarapintadas de pontos brancos… isto é a manifestação da bioenergia. Os pontos brancos são os fluxos maiores de energia a saír das mãos e muitas pessoas têm essas manifestações de Bioenergia, mas não sabem o que é ou desconhecem o que se está a passar com elas, e outras ainda há que não sentem qualquer manifestação.
 
Esta energia pode ser sentida em várias regiões do corpo, não só nas mãos. Podemos sentir o vibrar dos braços, pernas, ou de todo o corpo. Há ainda quem sinta esta energia de outras maneiras.
As dores sentidas aparentemente sem razão, nada mais são que energia acumulada, bloqueada ou estagnada, que precisa sair. Todos temos esta energia e sempre que levantamos as mãos, existe troca de informações energéticas, que pode tanto ser energia boa como negativa.
Um trauma ou doença física, deve-se normalmente a um baixo nivel de energia local, o qual foi originado num trauma psicológico. Uma pessoa nervosa, por norma sofre do estômago que está ligado ao chacra do plexo solar que é responsável pelas emoções.
Nestas situações os tratamentos energéticos são fundamentais por se tratarem de problemas de energia alterada. Todo o problema físico deve-se a quebras de energia que aproveitam as zonas frágeis em desequilíbrio para se manifestarem.

O uso dos elementos da Natureza para a auto ajuda bioenergética
O ideal é descarregar a energia tomando banho, lavando as mãos até aos cotovelos com água corrente, ou mesmo passear pela mata, podendo mesmo recostar-se a uma árvore por um período de tempo que sinta ser o necessário, pois as árvores e as outras plantas têm como função transmutar a energia negativa tornando-a positiva (inversão de polaridade).
As pessoas que se encontram a viver num meio natural rodeado de árvores, são mais felizes e saudáveis, pois algumas árvores têm uma vibração energética muito semelhante à do Ser Humano.




Nestas trocas energéticas, se se sentir a bocejar não se preocupe, porque é a forma do corpo descarregar a energia negativa a que esteve exposto e que foi absorvida.
Podemos usar a bioenergia combinada com o poder da visualização, vendo cores brancas puras para energizar os seres vivos, ou limpar cristais recentemente adquiridos ou outros objectos e situações.

O ideal é a consciencialização espiritual plena, na qual o corpo está selado por um escudo protector inviolável e as energias negativas são dissipadas e transmutadas pelo corpo imediatamente, sem dar tempo para contaminação ou propagação..


 A "vampirização" energética existe? Como pode ser evitada?

A maioria das pessoas desconhece os processos bioenergéticos, ignoram que são carentes e tornam-se vampiros sociais, conhecido de todos nós. Nem sempre, eles são identificados pelas vítimas que podem apresentar cansaço súbito, desânimo, sonolência, nervosismo, ansiedade etc... É preciso buscar informação técnica correta, para sanar essa situação através do esclarecimento e não da superstição. Um bom domínio das práticas energéticas profiláticas e de autodefesa.

Obs: Falarei sobre vampirizarão de energia em outro post. 





Fonte: Conscienciologia e ALPHA : Bio- energias







0 comentários:

Inscreva-se por email