Subscribe:

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Ansiedade tem tratamento

Em algum momento da vida, homens e mulheres apresentarão ansiedade, em torno de 20% das mulheres e 8% dos homens, na grande maioria dos casos persistirá por cerca de seis meses ou mais. Segundo o site Wikipédia: Ansiedade, ânsia ou nervosismo é uma característica biológica do ser humano, que antecede momentos de perigo real ou imaginário, marcada por sensações corporais desagradáveis, tais como uma sensação de vazio no estômago, coração batendo rápido, medo intenso, aperto no tórax, transpiração etc. A sintomatologia da ansiedade é vasta e, dependendo da intensidade com que acontecem, os sintomas podem prejudicar muito a vida do indivíduo, seja no trabalho, nas relações interpessoais, no lazer ou na saúde. Cada pessoa expressa sua ansiedade de uma forma particular. Essa forma de expressão que é determinada por fatores genéticos e ambientais.
 Todas as pessoas podem sentir ansiedade, principalmente com a vida atribulada atual. A ansiedade acaba tornando-se constante na vida de muitas pessoas. Dependendo do grau ou da frequência, pode se tornar patológica e acarretar muitos problemas posteriores, como o transtorno da ansiedade. Portanto, nem sempre é patológica. Ter ansiedade ou sofrer desse mal faz com que a pessoa perca uma boa parte da sua auto-estima, ou seja, ela deixa de fazer certas coisas porque se julga ser incapaz de realizá-las. Dessa forma, o termo ansiedade está de certa forma ligado à palavra medo, sendo assim a pessoa passa a ter medo de errar quando da realização de diferentes tarefas, sem mesmo chegar a tentar. A Ansiedade em níveis muito altos, ou quando apresentada com a timidez ou depressão, impede que a pessoa desenvolva seu potencial intelectual. O aprendizado é bloqueado e isso interfere não só no aprendizado da educação tradicional, mas na inteligência social. O indivíduo fica sem saber como se portar em ocasiões sociais ou no trabalho, o que pode levar a estagnação na carreira.


Faça o teste:



0 comentários:

Inscreva-se por email