Subscribe:

terça-feira, 3 de maio de 2016

O que é a Cantoterapia?

                                   


Cantoterapia é uma aula de canto muito mais abrangente, que se propõe a aprimorar a voz cantada, mediante variados exercícios de aquecimento vocal e respiração, associando essas atividades à parte psicológica e emocional do aluno.

É um poderoso caminho para o autoconhecimento. A Cantoterapia possibilita uma melhora considerável na autoestima, autoconfiança, autovalorização e autoaceitação do indivíduo. É uma atividade prazerosa e, ao mesmo tempo, bastante eficiente no processo de facilitar a desinibição e incrementar o grau de ousadia necessários para qualquer tipo de exposição em público.

Os alunos aprendem a cantar e se exprimir com liberdade, vencendo suas resistências e inibições naturais, uma vez que a música atinge os sentimentos mais profundos do ser humano, sem passar pelo plano racional.

Os exercícios de Cantoterapia privilegiam o incentivo, o elogio sincero e a avaliação construtiva. Em nossas aulas, fazemos questão de estimular a “não competição”. 

“A melhor e mais produtiva competição é com você mesmo. É superar os seus próprios limites.”

Cantoterapia pode ainda funcionar como um valioso apoio às terapias psicológicas convencionais. 

Cantoterapia se baseia em técnicas e disciplinas de diferentes origens: canto e impostação da voz, análise transacional, programação neurolinguística (PNL), musicoterapia, expressão corporal, teatro, dinâmicas de grupo, biodança, arteterapia e meditação.

Desde 1983, ano de sua criação, a Cantoterapia vem obtendo resultados surpreendentes e comprovados nas seguintes áreas da vida:

. Na capacidade de cantar de forma livre, com boa técnica e qualidade de interpretação;
. Na possibilidade de gostar e admirar a própria voz;
. Na desinibição e soltura ao se colocar em evidência;
. Na comunicação com uma plateia;
. Na saúde física (liberação da endorfina);
. Na melhora do sistema imunológico;
. Nos relacionamentos interpessoais;
. No equilíbrio emocional (pois também é um processo de relaxamento e paz interior); 
. No despertar de talentos adormecidos; 
. Na autoestima, autoconfiança, autovalorização e autoaceitação;
. Na utilização do canto também como um canal para a espiritualidade; 



1. Trata-se de uma vertente da musicoterapia — abordagem que emprega os elementos musicais (como som, ritmo e melodia) para restabelecer o equilíbrio do indivíduo e até auxiliar no tratamento de doenças.

2. Na cantoterapia, o instrumento utilizado é a voz. Isso porque “pelo ato de cantar e da condução vocal, o ser humano vivencia alegria, libertação e presença de espírito, promovendo o autoconhecimento e criando coragem para enfrentar o mundo”, explica a musicoterapeuta Meca Vargas (SP).
3. Por estar relacionada ao autoconhecimento, a terapia é indicada para tratar quadros emocionais como depressão, estresse,traumas e bloqueios.
4. Uma vez que exercita a respiração, pode auxiliar no tratamento de asma, bronquite, gagueira, danos nas cordas vocais e até bruxismo.
5. As consultas geralmente são individuais. Contudo, o terapeuta pode sugerir que o trabalho seja feito em grupo. Nesses casos, o objetivo é promover a integração social e a harmonização entre as muitas vozes.


Todo ser humano pode cantar!






Ref: http://www.cantoterapia.com.br/o_que_e_cantoterapia.php
http://revistavivasaude.uol.com.br/bem-estar/veja-como-funciona-a-cantoterapia/2089/#


0 comentários:

Inscreva-se por email