Subscribe:

quarta-feira, 30 de março de 2016

6° Chacra O terceiro olho



Características do Chacra
Nome em Sânscrito: AJÑA
(O Centro de comando)
Cor: Azul Índigo
Vórtices: 96
Elemento: Não tem
Som: Om
Nota Musical: Lá
Correlação Física: Glandula Pituitária (Hipófise)

O Chacra Frontal também é conhecido como o chacra do Terceiro Olho. Está intimamente ligado à nossa intuição, também chamada de visão interior. Ele está localizado no meio da testa, logo acima do nível dos olhos. Sua cor é o azul índigo. Seu som (mantra) é o Om, provavelmente um dos mantras mais conhecidos por ser utilizado não só no Reiki  como também na Yoga, aparecendo e sendo vocalizado em diversas músicas e meditações.
Desequilibrado, pode levar ao vício de drogas ou álcool, além de comportamentos de fanatismo. Também pode gerar uma fragilidade mental ou emocional, resultando em instabilidade na vida e falta de opiniões definidas.
O Chacra Frontal equilibrado aguça nossos sentidos e nos permite notar e acreditar em nossa intuição, tornando-a uma guia poderosa para a vida. Nos sentimos mais conectados e mais seguros. Um sentido de liderança natural, que não é sustentado pelo orgulho, mas por uma certeza maior, inata e interna.  Conseguimos entender nosso papel na sociedade e no trabalho de forma a aproveitá-lo ao máximo.
Também é o chacra relacionado com as artes, a imaginação e a criatividade.

Fatores Regulados pelo Chacra Frontal:

  • Intuição
  • Imaginação
  • Devoção
  • Sabedoria
  • Percepção
  • Vidência
  • Conceitos Mentais
  • Liderança
Hiperatividade – Rigidez mental - Você é uma pessoa que vive quase que exclusivamente através do intelecto e da razão. Ao tentar resolver tudo pelo intelecto, faz valer apenas as verdades que o seu pensamento racional lhe transmite. Suas capacidades intelectuais são bastante desenvolvidas e tem o dom de analisar nitidamente, contudo, falta-lhe a visão unificada e a habilidade da integração num grande conjunto cósmico. Fica apegado demais naquilo que vê de forma tal, a ficar cego para o inédito. A raiz do problema do sexto chacra em hiperatividade é que o sujeito já acredita que vê tudo, portanto se ele não viu, não é, e com isso ele fecha o contato com o Divino, com o Absoluto.
Arrogância intelectual - Você deixa apenas prevalecer aquilo que é compreensível para o intelecto, e que pode ser provado e confirmado através de métodos científicos. O conhecimento espiritual é rejeitado como irreal e contrário às leis científicas. Tem um intelecto muito desenvolvido sem percepção espiritual.
Manipulação mental - Tentativa de influenciar pessoas ou objetos através da força do pensamento, a fim de demonstrar o próprio poder ou para satisfazer necessidades pessoais. Quando o terceiro olho, apesar de alguns bloqueios, estiver relativamente bem aberto, essas tentativas poderão ser bem sucedidas, embora não estejam em concordância com o fluxo natural da vida. Ocorre uma sensação de isolamento, e a satisfação desejada não é atingida.
Idéias forte, mas negativas - São os profetas do apocalipse, vira e mexe tem místicos e economistas prevendo o fim de tudo e de todos, “não tem mais saída, é daqui é para pior”, parece que o cara tem um prazer enorme em dizer isso.
Conceitos mentais confusos - Ninguém o entende, é chamado de louco. Louco é a pessoa que abriu esses chacras descuidadamente. O esquizofrênico, tem claramente o sexto chacra bem aberto, quando ele diz que ouve vozes, ele não está inventando, está ouvindo mesmo, é um sofrimento desgraçado, é um horror, ele não sabe onde está. As energias mal dirigidas no sexto chacra ocorrem quando o chacra da raiz, e com isso o “fio terra”, está perturbado, e quando também os demais chacras estiverem bloqueados no seu funcionamento harmônico. Poderá então acontecer que, embora tenha acesso aos níveis mais sutis da percepção, você não reconheça as imagens e informações recebidas com o seu verdadeiro significado. Elas se misturam a seus sonhos e fantasias, originárias dos seus padrões emocionais não trabalhados. Essas imagens expressas subjetivamente poderão se tornar tão dominantes a ponto de você considerá-las a única verdade, projetá-las no mundo exterior e perder o fio da realidade.

Hipofuncionamento – Crença exclusiva no visível - Caso o fluxo das energias do sexto chacra esteja muito bloqueado, então apenas o mundo exterior, visível, lhe aparece como realidade. Sua vida é determinada por desejos materiais, necessidades físicas e por emoções irrefletidas.
Incapacidade de análises mentais - Análises mentais são consideradas cansativas e inúteis.
Rejeição de verdades espirituais - Verdades espirituais são rejeitadas, pois lhe parecem constituídas de sonhos ou de fantasias sem nexo, destituídas de finalidade prática. Seu pensamento orienta-se consideravelmente pelas opiniões da atualidade.
Esquecimentos - Em situações de grande desafio, você perde facilmente a cabeça. Possivelmente também é bastante esquecido. Os distúrbios da visão que freqüentemente acompanham o mau funcionamento do sexto chacra são um indício de que você deve olhar mais para o seu interior, para conhecer também as áreas que estão por detrás da superfície visível.
Pensamentos obscuros e emaranhados - Pode acontecer em caso extremo, e ser totalmente orientados pelos seus padrões emocionais.

Distúrbios físicos - Sinusites, catarata, distúrbios dos órgãos dos sentidos, grandes desequilíbrios endócrinos
Terapias

1 – Contato com a natureza - Observação de um céu noturno, de um azul bastante escuro e profusamente estrelado.

2 – Sons - Todos os sons que acalmam e abrem a sua mente, e que provocam imagens ou impressões de natureza cósmica, são apropriados para a “animação” e a “harmonização” do chacra frontal. Na música New age, você encontrará essas composições com mais facilidade. Mas também muitas músicas clássicas do Oriente e do Ocidente, sobretudo as de Bach, podem atuar dessa forma.

3 – Aromaterapia - Para acalmar - Almíscar branco e Jacinto. O almíscar branco vai estimular o quinto chacra e serve para sedar o sexto chacra quando está hiperativo.
Para estimular - Violeta e Gerânio roxo.
Hortelã - O odor refrescante da hortelã dissolve os bloqueios na região do terceiro olho e ajuda na dissolução de velhas e estreitas estruturas de pensamento. Proporciona à mente clareza e vivacidade, promovendo a força de concentração.
Jasmim - Por meio do odor sofisticado do florido jasmim, a mente se abre para imagens e visões que trazem em si mensagens de profundas verdades. Suas vibrações aperfeiçoam a percepção e ligam as energias do terceiro olho às do chacra do coração.

4 - Pedras preciosas - Lápis-lazúli - Em sua cor profundamente azul, estão distribuídas, semelhantes às estrelas no céu noturno, incrustações de pirita dourada. Ele transmite à alma a experiência da proteção no Cosmos, abrindo-a para a vida eterna no universo. Atrai a mente para o interior, fortalece seu poder e ajuda-a na compreensão dos relacionamentos mais elevados. Promovendo a intuição e a visão interior, deixa reconhecer o sentido oculto, bem como as forças que atuam sem que as percebamos. Proporciona uma profunda alegria com a maravilha da vida e do universo.
Safira ìndigo- A safira clara e transparente abre a mente para o conhecimento cósmico e as verdades eternas. Suas vibrações provocam a purificação, a transformação e a renovação da alma e da mente. Proporciona à alma clareza no caminho espiritual.

Ref: http://www.terapiareiki.com.br/artigos/chacra-frontal-ou-sexto-chacra/
http://elianeayres.med.br/sext.html

0 comentários:

Inscreva-se por email